Vinho Argiano Brunello Di Montalcino 750ml

Código: FSU1359 Marca:
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.

Argiano faz parte da história da região de Montalcino e é uma das realidades mais prestigiosas e históricas da região. Pensa-se que o nome deriva dos primeiros assentamentos na época romana – 'Ara Janus', referindo-se ao deus Janus. Outra origem potencial poderia ser 'a terra do rio Orcia' - conhecida nos tempos antigos como 'Orgia' e, portanto, Argiano.

A história de Argiano tem um ponto de virada no século XVI com o declínio da família Tolomei em favor da nobre família Pecci de Siena e com a construção de sua magnífica vila entre 1580 e 1596, exemplo perfeito de um nobre do século XVI residência. O nome da vila, Bell'Aria, foi escolhido quando os Pecci decidiram construí-la preservando o centro original do castelo no cume da colina justamente por causa da qualidade do ar.A indústria vitivinícola de Argiano nasceu também graças à construção da adega naqueles anos, há cerca de quatro séculos. Além disso, o manuscrito de 1616 de Bartolomeo Gherardini, Auditor Geral em Siena, faz referência à produção de azeite.

Ao longo dos séculos a Herdade passou por várias famílias nobres até ficar sob a liderança inspirada de Dona Ersilia Caetani Lovatelli, que soube divulgar os produtos de Argiano em grandes encontros culturais da época. É bem sabido o que o grande poeta Carducci declamou em seu verso: “Eu me purifico dessa amargura com o vinho de Argiano, que é muito bom…”

Argiano ganhou a medalha de ouro na Feira de Alimentos de Bruxelas em 1932 para sobremesas finas e vinhos de mesa, e em 1935 apareceu na Exposição Comercial de vinhos típicos italianos. Em 1967 Argiano fez história com o Brunello de Montalcino, desempenhando um papel fundamental como organização fundadora no nascimento do Consórcio. Em 1992, a propriedade passou do Caetani Lovatelli para a Condessa Noemi Marone Cinzano, que introduziu inovações significativas na gestão da indústria vinícola e reviveu o nome de Argiano. Junto com a condessa veio Giacomo Tachis, o enólogo mundialmente famoso; uma parceria única que levará à criação de Solengo, o grande supertuscano de Montalcino.

E assim chegamos ao presente, com a transferência da propriedade e direção da empresa em 2013 para as mãos de Bernardino Sani, que a partir de 2015 também assina os vinhos.Desde 2019, a Argiano é a primeira empresa de Montalcino a se tornar livre de plástico. Todos os plásticos de uso único foram eliminados. A ideia foi inspirada em um modelo cíclico, uma abordagem baseada na diferenciação de resíduos e que segue a Regra do Retorno, ou melhor, a reutilização de produtos descartados da empresa (como caules e brotos de videira), e mantém os 4 Rs para a meio ambiente: Reduzir, Recuperar, Reciclar e Reutilizar.

Argiano pratica um método de agricultura orgânico e sustentável. Acredita no equilíbrio da biodiversidade e busca atingi-lo, por meio de técnicas voltadas à fertilidade do solo, utilizando produtos naturais como plantas daninhas, taninos de castanha, própolis e zeólita. Até os inseticidas naturais são proibidos; em vez disso, são empregadas técnicas como confusão sexual e liberação de insetos adversários. O projecto “abelha” que consiste na colocação de colmeias junto às vinhas junta-se aos relacionados com a utilização de Micorrizas e o estudo de Microzonação. Esta última em particular, que compreende a descoberta de diferentes microzonas dentro de parcelas de vinha única, permite direcionar e focar as nossas abordagens.

 

 

 

País de Origem: Italia

 

Produtor:Argiano Cantina Dal 1580

 

Região: Toscana

 

Safra: N.D

 

Pontuação: N.D

 

Uva: Sangiovese

 

Envelhecimento:Em barricas de carvalho francês e, majoritariamente, em grandes toneis (15-50hl.) de carvalho francês e da Eslavônia durante 24 meses.

 

Coloração:Cor rubi intenso.

 

Tipo: Seco 

 

Volume: 750 ML

 

Teor Alcoólico: 14,0 %

 

Cor: Tinto

 

Aroma: Intenso e puro, lembrando frutas vermelhas cítricas, cereja, couro, tabaco, nuanças florais de violeta, um tom defumado de cinza e sutis notas minerais e terrosas.

 

Paladar:Na boca é bem estruturado, com médio corpo, super equilibrado, com taninos firmes, mas finos, e acidez vibrante. Final de boca puro, frutado, mineral e persistente.

 

Harmonização: Ideal para acompanhar pratos de carne vermelha assadas ou grelhadas, capeletti e espaguete à bolonhesa e queijo parmesão.

Produtos relacionados

Sobre a loja

Família Scopel Delivery é mais um canal de atendimento das loja Família Scopel Cave & Empório. Desde 1983 o melhor empório e adega de Curitiba!

Social
Pague com
  • Pix
Selos
  • Site Seguro

Vinhedos Scopel - CNPJ: 78.157.229/0001-21 © Todos os direitos reservados. 2022